30/11/2016

Série: 3%

Título: 3% (Três Porcento)
Gênero: Ficção Científica, Distopia
Criação: Pedro Aguilera
Direção: César Charlone
Elenco:  Bianca Comparato (Michele), João Miguel (Ezequiel), Mel Fronckowiak (Julia), Michel Gomes (Fernando), Vaneza Oliveira (Joana), Zezé Motta (Nair), Rodolfo Valente (Rafael), Viviane Porto (Aline). 
Canal: Original Netflix
Ano de Estreia: 2016
Número de Temporadas: 1
Duração dos Episódios: 60 minutos
Minha Avaliação: ♥ ♥ ♥ ♥

Vamos falar sobre a polêmica série 3%! 3% é a primeira série brasileira produzida pela Netflix e conta com 8 episódios. A série tem um pouco de ficção científica e se passa em um futuro distópico, onde os recursos como água e comida são controlados. Nesse mundo, quando as pessoas completam 20 anos devem passar por um processo que seleciona apenas 3% dos candidatos; os 3% vão então para um “novo mundo” ou Maralto, um local onde tudo aparenta ser melhor (fartura de comida, roupas limpas, moradias e oportunidades), porém o processo para selecionar os 3% é muito cruel.


Ezequiel (João Miguel) é o comandante do processo e observa todos os passos e ações dos candidatos. Também temos Aline (Viviane Porto), uma moça que está monitorando e fiscalizando o processo de seleção, pois pela primeira vez em Maralto ocorreu um assassinato e estão desconfiados se a seleção está sendo feita corretamente. E também temos a clássica resistência. 


A ideia de 3% não é recente, pois o piloto foi divulgado em 2011, com outros atores. De 2011 até 2016 muita coisa mudou, tivemos outras séries e filmes que também tratavam de um futuro distópico – todos usaram como referência 1984 de George Orwell e Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley – mas 3% acabou ficando com um ar de plágio e imitação de Jogos Vorazes, Divergente e até The 100.


Já vi inúmeras pessoas reclamando dos atores que não são bons e dos efeitos, eu particularmente não tenho reclamações quanto a isso, não precisa pesquisar muito para encontrar séries gringas com efeitos muito mais bizarros e com atuações péssimas. 



Ainda não terminei de assistir a série, faltam apenas 4 episódios e eu estou gostando. Todo episódio acaba com um ar de quero mais, com aquele suspense que você precisa assistir mais um episódio para saber o que vai acontecer, e eu gosto quando isso acontece. A relação que a série faz você ter com os personagens também é bem bacana, ora você odeia o personagem e no episódio seguinte já está amando e torcendo por ele – o inverso também acontece –, eu estou gostando da série e até o momento eu super indico.

Trailer:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos diga o que achou:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...